Brasil caiu duas posições em um ranking de tecnologia

25 de março de 2010

O Brasil caiu duas posições  em um ranking que aponta os índices de preparo tecnológico entre os países do mundo. Em 2008, o país detinha a 59ª posição, e passou para a 61ª no ano seguinte.
A Suécia se posicionou, pela primeira vez, como o país líder do relatório, cuja autoria é do Fórum Econômico Mundial e da escola de negócios Insead. No ano passado, o país nórdico ficou em 2º lugar.
Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (25).

O relatório é elaborado a partir da “facilidade de rede”, que se baseia em alguns critérios que juntam dados consolidados e pesquisas.

Dentre critérios inclusos, estão a viabilidade de capital de risco, adoção de banda larga, proteção à propriedade intelectual, educação científica e matemática.

Nos subcritérios, o Brasil aparece em 47º quanto aos hábitos de uso tecnológico, em 62º no que se refere à facilidade de acesso à tecnologia, e em 74º em relação a ambiente (que envolve critérios de mercado, políticas regulatórias e infraestrutura).

Após a Suécia, vêm Singapura, Dinamarca, Suíça e Estados Unidos. Os piores países, em ordem decrescente, são Burundi, Timor Leste, Bolívia, Zimbábue e Chad.

O relatório pode ser acessado, na íntegra e em inglês, aqui.